festas

Pa-pa-pa-party

30.7.12

Já falei de compras, gordice, parques, enfim, várias categorias de coisas para fazer em Orlando. Maaaas faltou a parte das baladas! Uns amigos meus estão indo pra lá esses dias e me pediram dicas, então decidi acelerar esse post (eu ia fazer mais pra frente). Esse é pra vocês, perebinhas :)

Confesso que o que a gente mais curtia fazer lá eram house parties, sociaizinhos em casa. Mas eu também tive minha fair share de party bus e baladas por lá. Lembrando que elas terminam, estourando, às 2 e meia da manhã! Então tem que chegar cedo.


Amici's: é um restaurante italiano que vira balada à noite, haha. Fica bem perto do complexo da Disney então sempre lota de cast members. Detalhe: dependendo da época, 90% são cast members brasileiros. As vantagens é que era barato pra entrar e eles mal olhavam documento, então dava pra beber tranquilo e não sair com aquele enorme e horrível X na mão que não saía por 2 dias! Pela seleção de músicas e o público, me lembrava bastante o Brasil... Uma vez até funk tocou por lá. O preço depende da festa, o melhor dia era segunda. Eu paguei entre $5 e $10 das vezes que fui.

Roxy: essa é muito massa, mas de um jeito quase trash! Tem um feeling cabaré e a galera que vai lá é meio white trash. Acho que já comentei por aqui que as americanas gostam de dançar rebolando quase com a mão no chão e os caras atrás segurando e só aproveitando, né? Pois é na Roxy que isso mais acontece. Tem vários palcos com pole pra galera subir e dançar como quiser, e as músicas também são muito boas. Under entra com o famoso X na mão. Ela fica em East Orlando e acho que vale a pena ir mesmo que seja um pouco longe. Paguei $10. Melhor dia era terça.

Buffalo's Wild Wings: é um típico sports bar muito legal que dependendo do dia vira karaokê e baladinha. Melhor dia é quarta-feira, mas não lembro os preços.

Cantando com a roomie no Rising Star
Rising Star: a única "casa noturna" do CityWalk que deixa under entrar. É um karaokê super produzido e vale muitíssimo a pena ir se estiver com um grupo grande de amigos! O nosso tinha umas 30 pessoas, no mínimo. haha


Bar One: fui ao Bar One no dia da paint party, quando todo mundo vai de blusa branca e usa bisnaguinhas de tinta colorida fluorescente pra se sujar. Foi divertidíssimo na primeira meia hora, mas depois a
Finalzinho da paint party
gente percebeu que o lugar estava quente (fervendo) e lotado (não dava pra se mexer) demais pra aproveitar direito. Além disso tocou música eletrônica-bate-estaca (aquela que não tem nem ninguém cantando pra quebrar a monotonia) a noite inteira, o que ninguém aguenta né. Mas continuo achando que vale a pena ir, porque o lugar é bem legal e pode ser que a gente tenha dado azar no dia. Fica próximo à Church Street. Digamos que não lembro quanto paguei e ponto hahaha.

Bliss: fica na Church Street em Downtown Orlando, uma das ruas mais badaladas. O problema é que vários dos bares e baladas lá eram só pra over 21, mas a Bliss não! Quem é under pode entrar, só que eles colocam o X de praxe na sua mão com caneta permanente pra não te servirem bebida. Bastava beber antes de ir ou mesmo no party bus, haha. Ou também se aproveitar dos drinks dos seus amigos over. Foi uma das melhores baladas que eu fui lá; o lugar é muito bom, tem umas noites temáticas e adorei a música também. Quando fui paguei acho que $15 no party bus, o que dava direito ao transporte ida e volta e à pulseira que liberava nossa entrada na Bliss. Se não me engano o melhor dia é sexta.

COBRAAA!
House of Blues: ameeeeei! Fiquei sabendo que a HOB de Orlando foi eleita uma das melhores casas noturnas dos EUA, e lá é muito bom mesmo. Não tem um feeling de coisa super badalada, parece mais uma festa muito boa e grande com seus amigos. Dependendo da época tem shows também, eu fui no do Cobra Starship, Avril Lavigne e Patrick Stump, por exemplo. E na mesma semana teve OneRepublic, The Fray e outras coisitas que fiquei louca pra ir ver. No nosso penúltimo dia em Orlando, nós Team Members fomos em peso pra lá e aproveitamos horrores. Choramos também, de saudade antecipada. Fica em Downtown Disney e o preço varia muito.

As house parties rolavam muito no Middlebrook, mas também na casa de co workers americanos algumas vezes. Com direito a Beer Pong, Speed Pong, Flip Cup, Ring of Fire e outros joguinhos alcoólicos bem americanos ;P
House party com os gringos

You Might Also Like

3 comentários

  1. Ameeeeeeei o post!!
    Marcela fofíssima obrigadaaa!!
    Já vamos fazer uma seleção das baladinhas. Você costumava chegar que horas? Umas 22h?
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Obrigadaaaaa Pri! :D
    então, eu costumava chegar tarde, o que não recomendo... acho que a hora ideal de chegar é 23h!

    ResponderExcluir
  3. A Buffalo's, em dia de festa, cobrava 5 dólares pra UNDER e pra OVER era de graça!!

    ResponderExcluir

FOTOS