ciência sem fronteiras

Living an old dream

25.11.12

Time to bring this blog back to life, hell yeah! O nome dele não poderia ser mais apropriado no momento. Ele nasceu quando tive a oportunidade de viver um dos meus sonhos: fazer um intercâmbio. Agora, poderia até se chamar Living the Ultimate Dream - porque terei a chance de realizar meu maior sonho desde que me entendo por gente: morar em Londres!

Eu diria que tudo começou quando eu li um livrinho aí, entitulado Harry Potter e a Pedra Filosofal. Tinha uns 7 ou 8 anos idade, e claro que ao terminar mal podia esperar que minha cartinha de Hogwarts chegasse. Eu queria estudar no Reino Unido, queria morar numa escola que é um castelo e começar as aulas em setembro. Queria Natal com neve, estações do ano bem definidas e, claro, fazer magia.


À medida que fui crescendo (e lendo os outros livros da série), comecei a notar que tudo o que eu mais gostava vinha do Reino Unido. Bandas, cantores, autores, cantores, personalidades, enfim. Meus favoritos eram britânicos. O tempo passou e, com um empurrãozinho de uma banda britânica chamada McFly, eu acabei me apaixonando por Londres. Nunca tinha ido, mas por tudo o que via e ouvia falar aquele lugar era a minha cara! A vontade de morar lá nasceu quando tinha mais ou menos 14 anos, mas eu ficaria satisfeita se pudesse fazer pelo menos uma viagenzinha a turismo para lá. Não rolou, a passagem é cara, a libra nem se fala! Mas tudo bem, o sonho continuou.

Ao voltar de Orlando em março de 2012 já ouvia colegas Team Members falando que queriam voltar para Orlando, que fariam o programa de novo, etc. E eu prometi a mim mesma e falei pra eles que a próxima viagem internacional que faria seria para Londres.
Na época eu não sabia como, claro, mas se tem uma coisa que sou é determinada. Em maio vários dos meus amigos começaram a anunciar que iam embora por um ano pelo Ciência sem Fronteiras, com tudo pago pelo governo. Era gente partindo pra Asutrália, Canadá, Estados Unidos, Coreia do Sul, Espanha, Portugal...

Fiquei de olho nisso e no final de julho finalmente abriram o novo edital. Depois de mais de 4 meses de angústia, ansiedade, sofrimento e quase ataques do coração e de gastrite, posso dizer com orgulho que passei e a partir de 28 de janeiro de 2013 serei uma aluna da University of East London. Correr atrás dos sonhos e do que se quer dá trabalho, é sofrido e os obstáculos podem te desmotivar, mas persistir vale muito a pena! Nada mais gratificante quando no final dá certo.

PS: os processos de inscrição e recebimento dos resultados foram tão conturbados que merecem seus próprios posts aqui. Vocês verão que foi uma verdadeira saga.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Parabéns, Marcela! Leio seu blog desde que você começou a morar em Orlando para fazer o intercâmbio. Que felicidade, hein? Me identifico muito com você pois tenho as mesmas vontades e espero que, assim como aconteceu com você, se realizem em breve. Desejo tudo de bom, de coração! Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana, muito obrigada! Olha, posso dizer por experiência que se você correr atrás e explorar todas as suas opções você consegue sim e é ótima a sensação. Muito boa sorte pra você nessa jornada :D
      beijos

      Excluir
  2. Parabéns Marcela!!! Vamos morrer de saudades de você na Embaixada mas fico muito feliz de saber que tudo deu certo e você tá indo para a "terrinha" do nosso coração... :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neri, também vou ficar com muita saudade do querido Comms Team! mas realmente é por um bom motivo, obrigada! :D

      Excluir

FOTOS