compras

Um Lugar Chamado Notting Hill

16.2.13

Ah, esse post merecia um título clichê e em português, vai!


Hoje foi dia de turistar, e o lugar escolhido foi nada mais nada menos que Notting Hill! A gente sabia que seria um dia bonito e agradável, então nada melhor que visitar o famoso Portobello Market, certo? Demoramos uma hora e meia de metrô para chegar, mas valeu a pena. Estou com-ple-ta-men-te apaixonada por aquele lugar. Quero me mudar pra lá amanhã! É tudo lindo e charmoso: os prédios e casas, as pessoas, a feira, o clima do lugar.

Casinhas coloridas...
... e casinhas brancas
A feira em si se estende por toda a Portobello Road e tem muita coisa pra ver. Várias barracas com promoção e roupas de inverno e outras já vendendo vestidos lindos para a primavera. Primeira decisão: voltar assim que começar a esquentar, porque amei praticamente todos os vestidos que vi por lá. Na primeira parte que andamos na feira tinha roupas, cosméticos, lenços e cachecois, chapéus e gorros, bolsas, etc. Mas na outra parte também havia várias barracas com frutas lindas, além das milhões de barracas com comidas deliciosas (pareciam, pelo menos) salgadas e doces.

A feira estava beeem cheia
Vontade de levar um pouco de tudo!
Ao subir a rua, vão surgindo mais lugares com antiguidades, desde livros e câmeras até relógios e bússolas. Cada coisa que você olha é mais linda que a outra; tem muita pechincha, mas algumas coisas caras também, é questão de procurar. Quando chegamos na Alice's Antiques (loja bastante conhecida de lá), que tinha montado um stand na frente da vitrine, e vi que tudo ali fora custava £4, pirei. Tinha muita coisa que eu nunca imaginaria custar só isso. Comprei um set de canecas bem londrinas por esse precinho aí, e mais um relógio de bolso que pretendo usar como colar.

Máquinas de costura vintage na All Saints
O lugar (bairro?) Notting Hill é muito apaixonante, não me surpreende que tenham feito o filme lá. Tudo tem personalidade, desde as lojinhas antigas e brechós até as casas coloridas. As ruas, que sobem e descem bastante, são estreitas, o que dá a impressão de estar em uma cidade pequena saída diretamente de um romance. Achei até a casa do William Thacker, personagem do Hugh Grant no filme. Pena que não encontrei a livraria...

You Might Also Like

3 comentários

  1. Nothing Hill é mesmo muito apaixonante, né?! Acho que foi o bairro que + amei em Londres, sem sombra de dúvida...muito charmoso, cheio de cores, cheiros e sabores....que bom que você gostou!!!
    bjocas,
    Data

    ResponderExcluir
  2. Eu quero ir , SEM DÚVIDA! Acho que vou amar tbm! Mamãe.

    ResponderExcluir
  3. Marcela, também piramos com a Portobelo Road. A loja que tem as máquinas de costura é linda... e cara! Mas a parte que mais gostei desta região foram as comidinhas que são vendidas na feita e é claro o charme das casinhas coloridas. Realmente Londres é encantadora... e com tempo bom... melhor ainda. PH

    ResponderExcluir

FOTOS