ciência sem fronteiras

Major drama #2: Proficiency Scores

9.12.12

Já comentei isso algumas vezes, mas o processo todo, de julho até agora ainda (juro!) foi bastante conturbado. Por isso separei os 3 maiores "dramas" pra contar aqui em posts separados.

O primeiro já contei aqui, o segundo foi com o TOEFL. Gente, não recomendo pra ninguém! A prova é tranquila, mas isso para por aí. Primeiro eu tive problema na hora do pagamento, pois mesmo sem ter clicado em nada duas vezes, apareceram 2 cobranças no meu cartão. Detalhe que o preço é de US$ 220. Se um já é super caro, imagina se eu ia conseguir pagar dois com meu salário de estagiária? Mandei email e liguei algumas vezes no 0800 da ETS, quando falei com o Alfredo (um português simpático e prestativo!), que cancelou a primeira compra e considerou apenas a segunda. Ok, no dia 31 de agosto fui lá no Lago Norte fazer minha prova.


Cada um senta em um computador e tem seu fone de ouvido. O tempo máximo de prova é 4 horas, ela tem 4 módulos e segue uma ordem específica. Todos começaram pelo Reading e depois partiram para o Listening. À medida que as pessoas iam terminando o Listening, tinham que tirar uma pausa obrigatória de 10 minutos. Só pode ir ao banheiro, comer ou beber água durante esse tempo, não é igual vestibular que pode comer na carteira enquanto faz prova, hehe. Depois de voltar, começa o Speaking e depois o Writing.

O problema que tive com o Speaking foi que eu estava sentada muito perto do menino da mesa ao lado, e ele falava bem alto. Os fones não bloqueiam o som, então tem que se concentrar para não perder o fio da meada. Eu não consegui e, logo na primeira pergunta, perdi a atenção porque ele tinha falado alguma besteira e até retomar o pensamento quase perdi o tempo! Depois disso me concentrei muuuito nas outras respostas e me recuperei. Se não fosse esse deslize teria ido melhor, mas tudo bem - fiquei com 112 de 120. Depois de terminar o Writing podia ir embora, eu fui embora com 3 horas de prova mais ou menos.

TOEFL só me deu dor de cabeça

Mas tudo o que contei agora não foi problema nenhum comparado ao que veio em seguida. Meu resultado online saiu mais ou menos em 9 de setembro, como previsto. O print do resultado online é suficiente para o CNPq, e tínhamos até 28 de setembro para enviar isso no site. O problema é que precisávamos enviar o score report oficial (que chega por correio) escaneado para completar a inscrição no UUK até 2 de outubro. Várias pessoas que fizeram a prova em 17/08 receberam em meados de setembro, MAS como nada poderia ser tão fácil assim, os Correios entraram em greve. Começou o desespero geral. Era gente ligando no correio, mandando email pra Sarah (moça do UUK que sempre nos atende), pro CNPq, pra não sei onde... Não adiantou muito. A política da ETS é: eles só enviam report oficial por carta normal e pode demorar até 6 semanas pra chegar no Brasil. O que muita gente acabou fazendo foi pedir um report extra por US$18 e enviar para amigos nos EUA que poderiam escanear o documento por eles.

Eu até cogitei a possibilidade, mas o prazo mesmo pra dentro dos EUA já extrapolaria o do UUK. A Sarah respondia os emails dizendo que entendia nossa angústia, mas não poderia estender o prazo. O que ela poderia fazer era receber os reports depois da data e tentar nos inscrever a tempo. Pânico e terror, gente! Na semana de 2 de outubro o pessoal do grupo do facebook ligava o dia inteiro pra ETS. Falávamos com o Alfredo, que era o que mais tentava nos ajudar. Primeiro ele me disse que enviaria meu resultado por DHL (correio expresso), assim como um garoto tinha conseguido. Quando liguei para confirmar, já não era mais isso - na verdade eles me enviariam um report adicional. E não, isso não ia me ajudar.

Até que alguma pessoa do grupo (abençoado Facebook que me ajudou muito durante o processo!) disse que eles iriam montar uma lista de email para nos enviar os resultados originais em PDF encriptado. Esse a Sarah aceitaria, pois era o report oficial em formato digital. Essa foi uma excessão feita para o nosso caso em particular. Enviei meu report no dia 5 de outubro. Não recebi resposta automática nem nenhum aviso, e comecei a ficar com medo de não ter dado tempo nem de tentar. Aí no dia 7 tentei reenviar por outro email e a Sarah me respondeu dizendo que estava tudo ok com minha application. Alívio total!

Meu score report só foi chegar mais de 2 meses depois da prova. Se passar de 6 semanas você tem direito a pedir um report extra de graça, e foi o que fiz. Pedi no dia 24/10 e esse extra chegou em 04/12. Não sei quem teve paciência de ler a saga toda, mas fica o conselho mais importante: faça IELTS (cujo resultado é emitido e enviado do Brasil mesmo) e não TOEFL! Evite dor de cabeça e arriscar não conseguir completar a inscrição por algo bobo.

You Might Also Like

0 comentários

FOTOS